28 de maio de 2017

Lista de pessoas diagnosticadas com doença de Parkinson

Wikipédia produz lista com pessoas afetadas por parkinson, ou que faleceram tendo em vista complicações adivindas do mesmo, em inglês.

23 de abril de 2017

Adiós a Baldomero Guerrero Braza, fundador de la Asociación Parkinson

22/04/2017 - Baldomero Guerrero, presidente y fundador de la Asociación Párkinson Bahía de Cádiz, ha fallecido en la mañana de este sábado.

Baldomero Guerrero, un luchador nato, inició su andadura con la asociación partiendo de la nada y convirtiéndola en un centro de referencia en toda la comarca, ya que atiende a personas de San Fernando, Cádiz, Puerto Real y Chiclana.

Se estado de salud ha ido empeorando con los años debido a la enfermedad contra la que luchó en dos frentes distintos, a nivel personal y como persona comprometida con los demás sacando adelante una entidad ejemplar, para la que obviamente buscó el mejor equipo de profesionales y voluntarios.
Las redes sociales se han llenado de palabras de pésame y a la vez de orgullo por haber conocido a un hombre capaz de poner en marcha de la nada un proyecto que hoy en dia es sólida realidad. Fonte: Andalucia Informacion.

19 de abril de 2017

Portador de doença de Parkinson, marido da ex-deputada Lúcia Tereza requer pensão da Assembleia de Rondônia

18/04/2017 - Portador de doença de Parkinson, marido da ex-deputada Lúcia Tereza requer pensão da Assembleia

Portador de doença de Parkinson em estágio avançado, Sebastião Rodrigues dos Santos, que é ex-marido da ex-deputada estadual Lúcia Tereza, requereu na Justiça o pagamento de pensão de sua ex-mulher para pagamento de suas despesas com saúde e manutenção, já que há muito tempo está impossibilitado de trabalhar.

Lúcia Tereza morreu no final do ano passado e era ela quem durante muitos anos era responsável pela subsistência do marido, que reside na cidade de Espigão D´Oeste, região da Zona da Mata do Estado. Ele entrou na Justiça porque o próprio Legislativo Estadual lhe negou a assistência, com base em uma Lei estadual.

O desembargador Miguel Mônico, do Pleno do Tribunal de Justiça de Rondônia, negou o pedido de liminar no Mandado de Segurança, impetrado pelo viúvo da deputada, mas determinou em regime de urgência a prestação de informações pelo Legislativo estadual, já que reconhece que o idoso tem direito ao benefício conquistado antes da Lei estadual que modificou o sistema de benefício de pensão por morte, Confira o despacho:

TRIBUNAL PLENO
ESTADO DE RONDÔNIA
PODER JUDICIÁRIO
TRIBUNAL DE JUSTIÇA
Tribunal Pleno / Gabinete Des. Miguel Mônico
Processo: 0800888-54.2017.8.22.0000 - MANDADO DE SEGURANÇA - PJe
Relator: Desembargador Miguel Monico Neto
Impetrante: Sebastião Rodrigues dos Santos.
Advogado do(a) Impetrante: Paulo Francisco de Moraes Mota (OAB/RO 4902)
Impetrado: Presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia.
Vistos.

Trata-se de Mandado de Segurança com pedido de liminar interposto por Sebastião Rodrigues dos Santos, representado por seu curador Flávio Luis dos Santos, contra suposto ato ilegal do Presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia.

Em suma, alega que é viúvo da ex-Deputada Estadual Lúcia Tereza Rodrigues dos Santos, falecida em 23/12/2016, quando estava em pleno exercício do mandato parlamentar e dependia da assistência integral dela em razão da idade avançada e de problema grave de saúde (doença de Parkinson em estágio avançado). Afirma o impetrante que, na qualidade de cônjuge supérstite, pleiteou junto ao Poder Legislativo do Estado de Rondônia a concessão de Pensão, conforme autoriza o art. 268 da Constituição do Estado de Rondônia, tendo sido indeferido o pedido ao fundamento de que desde o ano de 2004 os agentes políticos passaram a ser segurados pelo Regime Geral de Previdência Social, afastando, assim, a responsabilidade daquele Poder.

Prossegue afirmando que o impetrado utilizou-se de fundamentação aplicável a casos concretos diversos do ora analisado, bem como o art. 268 da CE/RO foi tacitamente revogado com a promulgação da Emenda Constitucional 41/2003, que não recepcionou o seu conteúdo, tornando-o inexequível.

Assevera que o ato praticado pelo Impetrado está contaminado de ilegalidades e sua conclusão parte de premissas teóricas díspares daquelas que deveriam subsidiar o entendimento daquele Poder.

Destaca que no ano de 2007, ou seja, após promulgada a Emenda Constitucional n. 41/2003, esta Corte de Justiça assentou que o art. 268 da CE não foi suprimido do mundo normativo estadual, estando ele em plena vigência. Requer o deferimento da antecipação da tutela, a fim de que a autoridade defira o pedido de pensionamento do impetrante. No mérito, pugna pela procedência total deste mandamus, com a confirmação da tutela de urgência.

Examinados, decido.

Como cediço, a Lei admite a concessão de liminar em mandado de segurança quando, além de relevantes os fundamentos da impetração e do ato impugnado, puder resultar a ineficácia da ordem judicial, o que se traduz na necessidade de apreciação da “fumaça do bom direito” e do “perigo na demora”, que devem ser demonstrados de plano pelo impetrante. Conquanto vislumbre o periculum in mora, não se encontra presente, de plano, o fumus boni iuris, isto é, não está demonstrado de forma inequívoca a plausibilidade do direito alegado que se consubstancia no direito liquido e certo.

A Emenda Constitucional n. 41, de 19/12/2003, veio a promover drástica modificação no sistema de benefício de pensão por morte, como se constata da redação por ela introduzida no art. 40 da CF/88. De uma leitura atenta da integra do acórdão citado pelo impetrante (100.001.2004.004280-3 - Apelação Cível), verifica-se que se assentou que o art. 268 da CE era aplicável aquele caso em razão do direito da impetrante ter sido adquirido anteriormente a EC/41/2003. Impende destacar que a medida liminar é provimento cautelar admitido pela lei do mandado de segurança quando sejam
relevantes os fundamentos da impetração e do ato impugnado puder resultar a ineficácia da ordem judicial, se concedida ao final. Na hipótese, eventual direito já se encontra resguardado. Isso posto, em juízo de estrita delibação e sem prejuízo de ulterior reexame da pretensão mandamental deduzida, indefiro a liminar.

Determino, COM URGÊNCIA, a notificação da autoridade apontada como coatora, com os documentos, para, no prazo legal, prestar as informações que entender necessárias, conforme preceitua o art. 451, III, do RITJ/RO e art. 7º, I da Lei n. 12.016/2009.

Dê-se ciência do feito à Procuradoria Geral do Estado, enviando-lhe cópia da inicial, sem os documentos, para que, querendo, ingresse no feito, na forma do art. 7º, II da Lei n. 12.016/2009, e vista à douta Procuradoria Geral de Justiça, em atenção ao disposto no art. 12 da lei supracitada.

Defiro a Justiça gratuita.

Publique-se.

Cumpra-se.

Porto Velho, 12 de abril de 2017.
Desembargador Miguel Monico Neto
Relator
Fonte: Do Rondoniaovivo.

16 de abril de 2017

Criador da internet Robert W Taylor morre aos 85 anos

Apr 16, 2017 - Robert W Taylor, que foi fundamental na criação da Internet e do computador pessoal moderno, morreu aos 85 anos.

Taylor, que tinha a doença de Parkinson, morreu na quinta-feira em sua casa na comunidade de Woodside, na Península de São Francisco, informou seu filho Kurt Taylor aos meios de comunicação dos EUA.

Enquanto trabalhava para a Agência de Projetos de Pesquisa Avançada (ARPA) do Pentágono em 1966, Taylor liderou a criação da rede de computadores APRANET - que evoluiu para a internet - depois de se frustrar, precisou usar três terminais separados para se comunicar com pesquisadores de todo o país.

Como ele havia predito, a ferramenta de comunicação limitada se transformou em um sistema que fornece as pessoas o acesso com o dedo a tudo, desde enciclopédias ao conselho de investimento.

Em 1961, Taylor era um gerente de projeto da NASA quando ele dirigiu o financiamento para Douglas Engelbart no Stanford Research Institute, que ajudou a desenvolver o mouse de computador moderno.
PHOTO: Taylor directed funding to Douglas Engelbart, who helped develop the modern computer mouse. (Flickr: John Chuang)
Taylor supervisionou a criação pioneira do PC
"Ele também supervisionou uma equipe que ajudou a criar o Alto - um computador pessoal pioneiro - enquanto trabalhava no Palo Alto Research Center da Xerox Corp (PARC).

O Alto forneceu a cada pesquisador uma estação de trabalho individual em vez de compartilhar o tempo em um mainframe do tamanho de uma sala. Ele foi projetado para usar uma interface gráfica do usuário (GUI), que permitiu ao usuário comandar o dispositivo através de ícones, janelas e menus em vez de digitar comandos de texto em linguagem de computador.

A tecnologia inspirou o computador Apple Macintosh, com o co-fundador da Apple, Steve Jobs, declarando um GUI "inevitável" depois que alguns de seus engenheiros o convenceram a visitar o PARC no final de 1979.

A equipe de engenharia de Taylor também ajudou a desenvolver redes locais de ethernet e um programa de processamento de texto que se tornou o Microsoft Word.

Da Stanley University Silicon Valley, o arquiteto projetista e historiador Leslie Berlim disse ao New York Times: "

"De qualquer jeito que você olha para ele, desde o início da Internet até o lançamento da revolução do computador pessoal, Bob Taylor foi um dos principais arquitetos do nosso mundo moderno".

"Em 1999, Taylor foi premiado com a Medalha Nacional de Tecnologia e Inovação.

Em 2004, ele e outros pesquisadores do PARC receberam o Prêmio Draper da Academia Nacional de Engenharia pelo desenvolvimento dos "primeiros computadores pessoais práticos em rede".

Na década de 1990, Taylor dirigiu o Centro de Pesquisa de Sistemas em Palo Alto para Digital Equipment Corporation (DEC).

O laboratório ajudou a criar AltaVista, um dos primeiros motores de busca na Internet.

Taylor se aposentou em 1996." Original em inglês, tradução Google, revisão Hugo. Fonte: Tech Power Up.

11 de abril de 2017

Estrela da música country de Alabama Jeff Cook sofre do Parkinson


Tue Apr 11, 2017 - (Reuters) - Jeff Cook, do grupo de música country Alabama, disse na terça-feira que tem a doença de Parkinson do sistema nervoso e que estará recuando da turnê com a banda.

Cook, de 67 anos, que toca violão e guitarra, disse que foi diagnosticado há quatro anos com a doença, que rouba dos sofredores o equilíbrio e causa tremores.

"Para mim, isso tornou extremamente frustrante tentar tocar violão, tocar guitarra ou cantar", disse Cook em um vídeo para o jornal The Tennessean.

"Eu não estou chamando que saí, mas às vezes nossos corpos ditam o que temos a fazer, e o meu estão me dizendo que é hora de fazer uma pausa e curar."

O Alabama, que também inclui os primos de Cook Randy Owen e Teddy Gentry, invadiu a cena da música country nacional nos anos 80 e vendeu cerca de 75 milhões de discos. A banda foi nomeada animadora do ano - o prêmio principal - três vezes pela Associação de Música Country e foi introduzida no Hall da Fama da Música Country em 2005.

A banda disse que planeja continuar gravando como um trio e com esperanças de que Cook se juntará a eles no palco de vez em quando.

O anúncio de Cook seguiu a especulação recente de que ele tinha um problema de abuso de substâncias.

"Essa é a parte que dói tanto, para as pessoas pensarem que ele está intoxicado ou algo assim", disse Owen, dizendo que o trio tinha mantido o diagnóstico secreto por anos. Original em inglês, tradução Google, revisão Hugo. Fonte: Reuters.